Porsche desenvolve gasolina sintética, mais limpa que carros elétricos, e pode salvar motores a combustão.

Enquanto praticamente toda a indústria automotiva, planeja formas de eletrificar todas suas linhas de veículos, a Porsche adotou um caminho oposto, mesmo lançando o “Porsche Taycan”, que foi um sucesso de vendas no mundo inteiro, a gigante alemã está trabalhando no desenvolvimento de uma nova gasolina, que, segundo a marca, tem potencial de ser mais limpa que os veículos elétricos.

A tecnologia, batizada de eFuel, tem como objetivo reduzir até 85% nas emissões de dióxido de carbono, que segundo a montadora, é a redução média alcançada por carros elétricos, apesar deste número variar com base de onde a pessoa mora e de qual fonte ela utiliza para a geração de energia elétrica, usada para carregar as baterias contidas nos carros elétricos.

De acordo com o CNet, o processo de fabricação usa fontes de energia renovável para quebrar o hidrogênio da água e, em seguida, mover o composto para um processo que resulta em gasolina sintética. A ideia é uma modernização de um processo chamado Fischer-Tropsch, que foi criado no início dos anos 1920.

O primeiro lote da nova gasolina, produzida no Chile, totalizará em torno de 34 mil galões, mas o número tende a crescer para 145 milhões, até o ano de 2026, o que representa 0,1% do que é consumido nos Estados Unidos em 1 ano.

GermanSpanishEnglishPortugueseRussian
Estamos Online!